Amamentação

Amamentação desperta várias dúvidas nas mulheres. No entanto, para amamentar seus bebês
com sucesso, muitas mães podem precisar de auxílio e de um período de aprendizado. O conhecimento,
a vontade e o desejo dos pais são fundamentais para o bom desempenho do aleitamento materno.

Com o objetivo de ajudá-la nesse processo, aqui no Hospital e Maternidade Santa Maria adotamos diversas medidas de apoio à amamentação para te acompanhar desde o pré-natal até o pós-parto. Queremos estar ao seu lado em todos os momentos e garantir o melhor alimento ao bebê: o seu leite.

Para iniciar o aprendizado ainda durante a gestação, oferecemos um curso online de amamentação, que aborda diversos temas, como a produção do leite antes do nascimento do bebê e o posicionamento correto para amamentar. Aqui no site, você também encontra materiais informativos sobre a amamentação, como o e-book e vídeos sobre o tema, elaborados por nossos especialistas.

Além deste preparo antes do nascimento, outra medida importante para o sucesso da amamentação é iniciar o aleitamento materno na primeira hora de vida do bebê. Aqui, realizamos a “Hora Dourada”, colocando mãe e bebê em contato pele a pele logo após o parto.

Nos dias de internação na maternidade, também oferecemos todo o apoio necessário, com ajuda da equipe de enfermagem, que é treinada continuamente para auxiliar nas eventuais dificuldades. Disponibilizamos ainda as “embaixadoras da amamentação”: uma equipe especializada para ajudar nos casos mais complexos.

 

 

Assista nossa playlist de amamentação:

Entenda por que o leite materno é a melhor escolha da mãe para o bebê

  • O leite materno já vem pronto, com a temperatura e o sabor ideal para o bebê;
  • Contém os nutrientes necessários para o bom desenvolvimento do bebê;
  • É de fácil digestão e protege contra doenças, principalmente as respiratórias e
    gastrointestinais, além de anemia;
  • Diminui a incidência de alergias;
  • Protege contra infecções, pois o leite materno contém anticorpos;
  • Não tem risco de contaminação, pois vai direto da mama para a boca do bebê;
  • Desenvolve e fortalece a musculatura facial, preparando para a mastigação e a fala;
  • Faz o bebê se sentir seguro e querido no colo da mãe, reforçando o vínculo mãe-filho
    e favorecendo o desenvolvimento da criança.

 

Vantagens do aleitamento materno para a mãe

  • O leite está sempre pronto e livre de contaminação;
  • Não dá trabalho para preparar;
  • Economicamente, é o alimento mais barato;
  • Diminui o sangramento após o parto;
  • Amamentar ajuda a mãe a voltar mais rápido ao peso original;
  • Previne contra o câncer de mama, de ovário e de útero;
  • Previne a osteoporose.

 

Assista a nossa live tirando dúvidas sobre amamentação:

 

Posições para amamentar

Conheça um pouco mais sobre a produção do leite materno

Quanto mais precoce for a primeira mamada, maior é o vínculo criado entre a mamãe e o bebê,
prolongando assim o tempo de amamentação. Sugando o seio da mãe, o bebê também ajuda na
descida do leite materno, pois o ato da sucção estimula, no cérebro da mãe, uma glândula que
produz e libera os hormônios responsáveis pela produção e pela saída do leite. A retirada de leite
da mama estimula a produção, portanto, as mamadas frequentes e efetivas contribuem para
aumento do volume de leite produzido.

 

Recomendações nutricionais para a amamentação

Principais recomendações:

  • Consuma, no mínimo, 2 litros de líquidos por dia. Beba água sempre que tiver sede, pois
    a lactação requer mais água que o usual;
  • Consuma peixes, pelo menos, 3 vezes por semana, pois ele contém ômega 3 que é uma
    gordura importante para o desenvolvimento das células cerebrais do bebê;
  • Dê preferência ao consumo de carnes magras e evite o consumo de preparações fritas
    e empanadas. Prefira o consumo de carnes cozidas, assadas ou grelhadas. Evite também
    o consumo dos alimentos gordurosos;
  • Evite alimentos ricos em sódio, como alimentos e temperos industrializados (caldo de
    tablete, temperos em pó), molhos prontos (molho shoyo, molho inglês, molho de salada,
    ketchup, mostarda) e conservas. O excesso de sal que esses alimentos possuem pode
    causar retenção de líquidos e levar ao inchaço;
  • Evite o consumo excessivo de bebidas cafeinadas (café puro, chá mate, chá preto, chá
    verde e refrigerantes), pois podem causar irritabilidade no bebê;
  • Fracione a dieta, evitando longos períodos em jejum;
    Grãos de leguminosas (feijão, ervilha, grão de bico e lentilha) e hortaliças fermentativas
    (repolho, brócolis, couve-flor, pepino e rabanete) também devem ser consumidos com
    moderação;
  • Não restrinja calorias da alimentação. Para a amamentação, é necessária energia
    proveniente dos alimentos, sendo assim, as dietas restritivas são proibidas durante este
    período

 

Conheça os cursos que o Grupo Santa Joana desenvolveu em apoio à amamentação.

curso amamentação curso amamentação online